Yoga Para Iniciantes em (5 POSES)

Dobre-se no formato de um pretzel de cabeça para baixo sem usar as mãos para se equilibrar, e não se esqueça de respirar. Aprender a praticar yoga pode ser intimidante no começo para qualquer iniciante, mas fique tranquilo: a antiga disciplina espiritual é toda sobre a paciência.

Contanto que você consiga manter a disciplina necessária para desenvolver a flexibilidade e força através de rotinas para iniciantes, você vai ser capaz de fazer as mais avançadas poses como Corvo Meio Lótus ou Pose do Rei Pombo um dia.

História

O yoga remonta a 3000 a.C., com foco na aplicação e compreensão de seu lugar no mundo e como viver harmoniosamente com os outros nele. Poses e meditação não foram implementadas até o Século VI a.C., quando os ensinamentos budistas tornaram-se incorporados nos cinco princípios básicos usados hoje.

O Yoga moderno ainda gira em torno do relaxamento adequado, exercício, respiração, pensamento e meditação e dieta. Não se desanime, entretanto. Ainda é praticado somente um passo de cada vez.

Existem seis tipos fundamentais de posturas: curvas para a frente, costas curvas, torções, equilíbrios e inversões. Dentro de cada uma dessas posturas existem milhares de potenciais variações projetadas para enfatizar a resistência, força, estabilidade, concentração e alinhamento estrutural do corpo. Yoga não é uma solução rápida para dores físicas e mentais, mas sim um processo permanente de transformação.

É útil ter alguns movimentos essenciais e básicos quando se iniciar no yoga, embora eles variem de instrutor para perito. Movimentos que abrem músculos, permitem a respiração cuidadosamente medida e miram vários grupos musculares irão ajudar a melhorar humor e níveis de energia, de acordo com estudos anteriores.

Estes cinco que escolhemos focar foram baseados na capacidade do iogue para se adaptar a cada movimento através da simplicidade das poses, engajamento muscular e flexibilidade.

5 Movimentos de yoga que você precisa saber

1. Triângulo

Fique de pé com seus pés a uma distância maior do que o comprimento do seu quadril. Vire seus dedos do pé direito para a frente e os dedos do pé esquerdo para fora em um ângulo de 45 graus. Mantenha ambas as pernas em linha reta enquanto dobra seu torso e quadris em direção a perna esquerda o máximo possível.

Coloque a mão esquerda acima ou abaixo do joelho esquerdo e estenda sua direita para cima e a siga com seus olhos. Você pode sentir um aperto no oblíquo e abdômen direito. Mantenha a posição por 10 respirações profundas em cada lado.

postura triangulo

2. Guerreiro II

Fique de pé com seus pés a uma distância maior do que o comprimento do seu quadril. Vire seus dedos do pé direito para a frente e os dedos do pé esquerdo para fora em um ângulo de 45 graus. Flexione o joelho esquerdo para que a coxa fique paralela ao tapete. Mantenha a perna direita em linha reta.

Estenda os braços diretamente para fora de seus ombros e siga as pontas de seus dedos com os seus olhos. Eles devem estar voltado para a frente, pairando sobre sua coxa esquerda. Mantenha a posição por 10 respirações profundas em cada lado.

postura guerreiro 2

3. Guerreiro III

Fique em uma posição de “mergulho”, com os pés virados para frente. Coloque sua perna esquerda em linha reta para trás e empurre os quadris para a frente para deixar o seu tronco paralelo com o chão.

Lentamente, leve a perna esquerda até a altura do quadro, formando uma linha reta desde o topo de sua cabeça a seus dedos do pé. Mantenha a posição por 10 respirações profundas em cada lado.

postura guerreiro 3

4. Golfinho

Esqueça a popular posição “cão olhando para baixo” e tente esta. Apoie no chão com os pés e antebraços, sendo que os seus pulsos devem ficar na direção dos seus ombros. Dê um passo para trás e estenda suas pernas de forma reta.

Mantenha as mãos no lugar e mova seu quadril para cima em direção ao céu e volte. Você pode sentir um aperto em seus isquiotibiais. Mantenha a posição por 10 respirações profundas.

postura golfinho

5. Cobra

Deite de bruços no chão, com as palmas das mãos e os polegares diretamente sob seus ombros. Estenda suas pernas para trás com os topos de seus pés no chão.

Pressione seus ombros para baixo, para longe das orelhas, e eleve o seu peito em direção à parede na frente de você. Você pode sentir um aperto em seu abdômen. Mantenha a posição por 10 respirações profundas.

postura cobra

>> VIDEO

Deixe um Comentário