Tratamento Para Ejaculação Precoce (5 SUGESTÕES)

Como é feito o Tratamento de Ejaculação Precoce

Opções de tratamento comuns para a ejaculação precoce incluem técnicas comportamentais, anestésicos tópicos, medicamentos orais e terapia.

Tenha em mente que pode demorar um pouco de tempo para encontrar o tratamento ou a combinação de tratamentos que irão funcionar para você.

1. Técnicas comportamentais

Ejaculação precoce – tratamento psicológico

Em alguns casos, a terapia para a ejaculação precoce pode envolver a tomada de medidas simples, como se masturbar uma ou duas horas antes da relação sexual para que você seja capaz de retardar a ejaculação durante o sexo.

Seu médico também pode recomendar evitar relações sexuais durante um período de tempo e focar em outros tipos de opções sexuais para que a pressão seja removida dos encontros sexuais.

2. A técnica da pausa e aperto

Seu médico pode instruir você e seu parceiro no uso de um método chamado “técnica da pausa e aperto”. Esse método funciona da seguinte maneira:

  1. Comece a atividade sexual como de costume, incluindo a estimulação do pênis, até se sentir quase pronto para ejacular.
  2. Peça ao seu parceiro para apertar o fim do seu pênis, no ponto onde a cabeça (glande) junta-se ao eixo, e mantenha o aperto por alguns segundos, até que a vontade de ejacular passe.
  3. Após o aperto ser liberado, aguarde cerca de 30 segundos e, em seguida, volte para as preliminares. Você pode notar que apertar o pênis faz com que ele se torne menos ereto, mas quando a estimulação sexual é retomada, a ereção completa logo se recupera.
  4. Se você sentir novamente que está prestes a ejacular, peça para seu parceiro repetir o processo do aperto.

Ao repetir isso quantas vezes forem necessárias, você pode chegar ao ponto de entrar em seu parceiro sem ejacular.

Depois de algumas sessões de treinos, o sentimento de saber como retardar a ejaculação pode tornar-se um hábito que não exige mais a técnica.

3. Anestésicos tópicos

Cremes e sprays anestésicos que contêm um agente entorpecente, como lidocaína e prilocaína, são por vezes utilizados para tratar a ejaculação precoce.

Esses produtos são aplicados aos pênis um curto período de tempo antes do sexo para reduzir a sensação e, assim, ajudar a retardar a ejaculação.

Embora os agentes anestésicos tópicos sejam eficazes e bem tolerados, eles têm efeitos secundários potenciais. Por exemplo, alguns homens relatam perda temporária de sensibilidade e diminuição do prazer sexual.

Em alguns casos, os parceiros do sexo feminino também relataram esses efeitos. Em casos raros, lidocaína e prilocaína podem causar uma reação alérgica.

4. Medicamentos orais

Muitos medicamentos podem retardar o orgasmo. Embora nenhum deles seja especificamente aprovado pela Food and Drug Administration para o tratamento da ejaculação prematura, alguns são usados para esse fim, incluindo antidepressivos, analgésicos e inibidores da fosfodiesterase-5.

Esses medicamentos podem ser prescritos para usos individuais ou diários e podem ser prescritos sozinho ou em combinação com outros tratamentos.

  • Antidepressivos. Um efeito colateral de certos antidepressivos é retardar o orgasmo. Por essa razão, os inibidores seletivos da recaptação da serotonina (ISRSs), tais como a sertralina (Zoloft), paroxetina (Paxil) ou fluoxetina (Prozac, Sarafem), são usados para ajudar a retardar a ejaculação. Se SSRIs não melhoram o tempo de sua ejaculação, o médico pode prescrever o antidepressivo tricíclico clomipramina (Anafranil). Efeitos colaterais indesejados dos antidepressivos podem incluir náuseas, boca seca, sonolência e diminuição da libido.
  • Analgésicos. Tramadol (Ultram) é um medicamento comumente usado para tratar a dor. Ele também tem efeitos secundários que retardam a ejaculação. Pode ser prescrito quando os ISRSs não foram eficazes. Efeitos colaterais indesejados podem incluir náuseas, dor de cabeça e tonturas.
  • Inibidores da fosfodiesterase-5. Alguns medicamentos usados para tratar a disfunção erétil, como o sildenafil (Viagra, Revatio), tadalafil (Cialis, Adcirca) ou vardenafil (Levitra, Staxyn), também podem ajudar na ejaculação precoce. Efeitos colaterais indesejados podem incluir dor de cabeça, rubor facial, alterações visuais temporárias e congestão nasal.

5. Terapia

Esta abordagem envolve falar com um profissional de saúde mental sobre seus relacionamentos e experiências. Essas sessões podem ajudar a reduzir a ansiedade de desempenho e encontrar melhores maneiras de lidar com o estresse.

A terapia tem mais efeito quando feita em combinação com a terapia medicamentosa.

>>VÍDEO

Deixe um Comentário