Sintomas da (DOENÇA) de Alzheimer

No início, o aumento de esquecimentos ou leves confusões podem ser os únicos sintomas da doença de Alzheimer que você percebe. Mas, ao longo do tempo, a doença rouba-lhe mais de sua memória, especialmente memórias recentes. A taxa em que os sintomas pioram varia de pessoa para pessoa.

Se você tem a doença de Alzheimer, você pode ser o primeiro a perceber que está tendo dificuldade em se lembrar de coisas incomuns e organizar seus pensamentos. Ou você pode não reconhecer que algo está errado, mesmo quando as mudanças são perceptíveis aos seus familiares, amigos próximos ou colegas de trabalho.

Alterações cerebrais associadas com a doença de Alzheimer levam ao crescimento de problemas com:

Memória

Todo mundo tem lapsos de memória ocasionais. É normal esquecer onde você colocou suas chaves ou o nome de um conhecido, mas a perda de memória associada à doença de Alzheimer persiste e se agrava, afetando sua capacidade de funcionar no trabalho e em casa. Pessoas com Alzheimer podem:

  • Repetir afirmações e perguntas de novo e de novo, não percebendo que já as falou antes
  • Esquecer conversas, compromissos ou eventos e não se lembrar deles mais tarde
  • Rotineiramente deslocar objetos, muitas vezes colocando-os em locais ilógicos
  • Eventualmente esquecer os nomes dos membros da família e objetos do cotidiano

Desorientação e interpretação ruim das relações espaciais

Pessoas com doença de Alzheimer podem perder o sentido de que dia é hoje, a estação, onde estão ou mesmo suas circunstâncias de vida atuais. A doença de Alzheimer também pode perturbar a capacidade do seu cérebro para interpretar o que você vê, o que torna difícil compreender o seu entorno. Eventualmente, esses problemas podem levar a pessoa a ficar perdida em lugares familiares.

Falando e escrevendo

Aqueles com doença de Alzheimer podem ter dificuldade em encontrar as palavras certas para identificar objetos, expressar pensamentos ou participar de conversas. Com o tempo, a capacidade de ler e escrever também declina.

Pensamento e raciocínio

A doença de Alzheimer provoca dificuldade de concentração e raciocínio, especialmente sobre conceitos abstratos como números. Pode ser um desafio gerenciar as finanças, cuidar de talões de cheques e manter o controle de contas e pagá-las no tempo. Estas dificuldades podem evoluir para a incapacidade de reconhecer e lidar com números.

Julgamentos e decisões

Responder de forma eficaz para os problemas cotidianos, como a queima de alimentos no fogão ou inesperadas situações no trânsito, torna-se cada vez mais desafiador.

Planejar e executar tarefas familiares

Atividades rotineiras que requerem etapas sequenciais, como planejamento e cozinhar uma refeição ou jogar um jogo favorito, tornam-se uma luta conforme a doença progride. Eventualmente, as pessoas com Alzheimer avançado podem esquecer como executar tarefas básicas, como se vestir e tomar banho.

Mudanças na personalidade e comportamento

Mudanças cerebrais que ocorrem na doença de Alzheimer pode afetar a maneira como você age e se sente.

Pessoas com Alzheimer podem ter:

  • Depressão
  • Ansiedade
  • Retraimento social
  • Mudanças de humor
  • Desconfiança em outros
  • Irritabilidade e agressividade
  • Mudanças nos hábitos de dormir
  • Vontade de sair vagando
  • Perda de inibições
  • Ilusões, como acreditar que algo foi roubado

Muitas habilidades importantes não são perdidas até muito tarde na doença. Estas incluem a capacidade de ler, dançar e cantar, apreciar músicas conhecidas, se envolver em artesanato e passatempos, contar histórias e relembrar.

Isso ocorre porque informações, habilidades e hábitos aprendidos no início da vida estão entre as últimas habilidades a serem perdidas conforme a doença progride. Capitalizar sobre essas habilidades pode permitir-lhe continuar a ter sucesso e manter uma elevada qualidade de vida, mesmo quando você está na fase moderada da doença.

>> VIDEO

Deixe um Comentário