O Que é a (MICROCEFALIA)?

O que é microcefalia?

Microcefalia é uma doença rara do sistema nervoso que faz com que a cabeça de um bebê fique pequena e não se desenvolva totalmente. O cérebro da criança não cresce como deveria.

Isso pode acontecer quando o bebê ainda está no útero da mãe ou nos primeiros anos de nascimento.

Como um bebê desenvolve microcefalia?

O seu médico pode não ser capaz de dizer por que isso aconteceu com o seu bebê. Na maioria dos casos, a causa exata é desconhecida. A microcefalia pode ser causada por:

  • Um problema com os seus genes (microcefalia congênita)
  • Algo em seu ambiente (microcefalia adquirida)

A microcefalia congênita é transmitida através das famílias. É causada por defeitos em genes ligados ao início do desenvolvimento do cérebro. A microcefalia é vista frequentemente em crianças com Síndrome de Down e doenças genéticas.

A microcefalia adquirida significa que o cérebro da criança entrou em contato com algo que prejudicou seu crescimento e desenvolvimento. Algumas coisas que podem fazer isso enquanto um bebê está no útero são:

  • Infecções virais, incluindo a rubéola (sarampo alemão), varicela e, possivelmente Zika, que é transmitida por mosquitos
  • Infecções de parasitas, como a toxoplasmose ou citomegalovírus
  • Produtos químicos tóxicos, como o chumb
  • Não receber comida suficiente ou nutrientes (desnutrição)
  • Álcool
  • Drogas

A microcefalia adquirida também pode ser causada por outros fatores, incluindo:

  • Hemorragia ou acidente vascular cerebral no recém-nascido
  • Lesão no cérebro após o nascimento
  • Defeitos da coluna ou do cérebro

foto bebe microcefalia

Como um médico sabe que um bebê tem microcefalia?

O seu médico pode diagnosticar a microcefalia antes ou depois do nascimento do bebê.

Durante a gravidez, um ultrassom pode mostrar que o bebê tem um tamanho de cabeça menor do que o esperado. Para ver isso claramente, é melhor fazer o teste no final do seu segundo trimestre ou quando você estiver entrando em seus últimos 3 meses de gravidez.

Depois do nascimento, o médico mede o entorno da parte mais larga da cabeça de seu bebê. O número é, então, marcado em um gráfico de crescimento. Isso ajuda o médico a ver como a cabeça de seu bebê está crescendo em comparação com outras crianças da mesma idade e sexo.

Se a medição da cabeça do seu bebê fica um certo ponto abaixo da média, é considerado um caso de microcefalia.

A medida da cabeça é feita durante cada checkup até 2 ou 3 anos de idade. Se a criança tiver microcefalia, o tamanho de sua cabeça vai ser verificado em cada visita médica.

Microcefalia: Sintomas

Que sintomas a criança vai ter?

Crianças com um caso leve podem ter uma cabeça pequena, mas há outros problemas. A cabeça de seu bebê vai crescer à medida que ele fica mais velho, mas ela permanecerá menor do que o que é considerado normal.

Algumas crianças têm inteligência normal, enquanto outros têm problemas de aprendizagem – mas eles geralmente não pioram à medida que a criança cresce. Outros sintomas podem incluir:

  • Problemas de equilíbrio e coordenação
  • Atrasos de desenvolvimento (demora para sentar, ficar de pé e andar)
  • Problemas de deglutição e alimentação
  • Perda de audição
  • Hiperatividade (problemas para prestar atenção ou ficar parado)
  • Convulsões
  • Altura baixa
  • Problemas de fala
  • Problemas de visão

Como a microcefalia é tratada?

Não há cura para a microcefalia, mas existem tratamentos para ajudar com o desenvolvimento, comportamento e convulsões da criança.

Se a criança tiver uma microcefalia leve, ela vai precisar de exames médicos regulares para monitorar como ela cresce e se desenvolve.

As crianças que têm casos mais graves necessitam de tratamento ao longo da vida para controlar os sintomas. Alguns, como convulsões, podem ser fatais. O seu médico vai discutir tratamentos para manter sua criança segura e melhorar sua qualidade de vida.

Sua criança pode precisar de:

  • Medicamentos para controlar convulsões e hiperatividade e melhorar a função do nervo e músculos
  • Terapia de fala
  • Terapia física e ocupacional

Quais são os efeitos a longo prazo?

O quão bem o seu filho cresce dependerá do que causou o problema em primeiro lugar. As crianças com uma forma leve desta desordem podem não ter outros problemas. Elas crescem normalmente na infância e adolescência e ainda alcançam metas de crescimento apropriadas para a idade à medida que envelhecem.

Outras podem ter graves problemas com a aprendizagem e movimento. Crianças com microcefalia são mais propensas a terem outros problemas médicos, como paralisia cerebral e epilepsia.

A microcefalia pode ser prevenida?

Durante a gravidez, é possível tomar medidas para tentar impedir a microcefalia adquirida:

  • Comer uma dieta saudável e tomar vitaminas pré-natais.
  • Não beber álcool ou usar drogas.
  • Ficar longe de produtos químicos.
  • Lavar as mãos frequentemente e receber tratamento para qualquer doença logo que se sentir doente.
  • Pedir para alguém trocar a caixa de areia do gato. Fezes de gato podem transmitir o parasita que causa a toxoplasmose.
  • Usar repelente de insetos quando em áreas arborizadas ou países conhecidos por terem mosquitos. O CDC diz que repelente de insetos é seguro para uso durante a gravidez.

Se você tem uma criança com microcefalia e deseja engravidar novamente, fale com o seu médico. O rastreamento genético pode ajudá-lo a compreender o risco de sua família ter a doença.

Fontes: cdc.gov, mayoclinic.org

Casos de Microcefalia

Deixe um Comentário