Intolerância ao Glúten: (SINTOMAS)

O glúten ou trigo na dieta são frequentemente apontados como a causa de uma variedade de sintomas desagradáveis.

As queixas mais comuns incluem dor abdominal, diarreia, inchaço e gases excessivos, bem como letargia, falta de concentração e dores generalizadas.

 

O que você deve fazer se você sofre destes sintomas e acredita que tem intolerância ao glúten?

Determinar a causa destes sintomas pode ser difícil e demorado e, compreensivelmente, muitas pessoas ficam frustrados. No entanto, é importante persistir com os testes para assegurar-se que condições médicas graves não estão presentes.

A avaliação adequada do seu médico vai ajudar a excluir problemas médicos graves, determinar o seu diagnóstico e estabelecer o melhor curso de tratamento. A melhor solução irá variar dependendo da causa.

Parte desta avaliação pode incluir o exame do anticorpo antitransglutaminase que faz parte do diagnóstico da  doença celíaca.

Pontos Chave

Encontrar a causa de todos os sintomas e condições médicas graves é essencial.

  1. A doença celíaca é uma causa importante de sensibilidade ao glúten (ou intolerância). Ela pode estar associada com problemas médicos graves, então um teste apropriado é essencial.
  2. Sentir-se melhor quando você remove trigo ou glúten de sua dieta não significa necessariamente que você tem a doença celíaca. Você deve consultar-se com seu médico para investigar todas as potenciais causas para os seus sintomas.
  3. O teste para a doença celíaca só é preciso enquanto você ainda está consumindo glúten. Se você já estiver em uma dieta sem glúten será necessário retornar a uma dieta contendo glúten para fazer um diagnóstico da doença celíaca. Um teste de gene celíaco pode ser útil.
  4. “Sensibilidade ao glúten não-celíaco” descreve um conjunto de sintomas que as pessoas atribuem ao glúten da dieta, mas a causa e o tratamento não são bem compreendidos. Pesquisa emergentes indicam que o problema pode não ser glúten, mas sim a má absorção de açúcares fermentáveis (FODMAPs) em pessoas com síndrome do intestino irritável. Os resultados de um estudo recente sobre este assunto podem ser encontrados no Journal of Gastroenterology.
  5. O conselho de um nutricionista especialista é benéfico para pessoas com doença celíaca e síndrome do intestino irritável.

>> VIDEO

Deixe um Comentário