Dieta (SEM GLÚTEN) e Sem Mistérios

Um Guia Básico de Dieta para Celíacos

Acertar na dieta sem glúten é fácil quando você sabe as regras do jogo. Siga as orientações abaixo e você estará em seu caminho para uma vida livre de glúten feliz e saudável.

Estas recomendações não se destinam a fornecer aconselhamento médico, que deve ser obtido diretamente de um especialista.

Dieta sem Glúten Cardápio

SIM

Os alimentos feitos a partir de grãos de cereais (e plantas semelhantes) que não contêm glúten prejudiciais, incluem:

  • Milho em todas as formas (farinha de milho, grãos, etc.).
  • Arroz simples em todas as formas (branco, marrom, selvagem, basmati, arroz enriquecido, etc.).
  • Amaranto, araruta, trigo mourisco (kasha), mandioca, linho, milho, quinoa, sorgo, soja, tapioca e teff.
  • Farinhas feitas a partir de grãos livres de glúten, nozes, feijão e coco. Procure por produtos rotulados para evitar a contaminação cruzada sem glúten.

Ingredientes sem glúten:

  • Anato, xarope de glicose, lecitina, maltodextrina (mesmo quando é feito a partir de trigo), goma de aveia, temperos, dióxido de silício, amido, amido alimentar e vinagre (apenas vinagre malte pode conter glúten). Também ácidos cítricos, málicos e lácticos, assim como a sacarose, dextrose e lactose; e estes produtos de panificação: araruta, amido de milho, gomas xantana e guar, farinha de tapioca ou amido, farinha de fécula de batata e a própria fécula de batata, baunilha.

Os seguintes alimentos:

  • Leite, manteiga, margarina, queijo real, iogurte básico, maior parte dos sorvetes sem suplementos que contêm glúten.
  • Óleos vegetais, incluindo canola.
  • Frutas simples, legumes (frescos, congelados e enlatados), carnes, frutos do mar, batatas, ovos, nozes, manteiga de nozes, feijão e legumes.
  • Vinagre destilado não tem glúten.
  • Bebidas alcoólicas destiladas não tem glúten, porque a destilação efetivamente remove o glúten. Eles podem ter glúten se ingredientes que contêm glúten forem adicionados após a destilação, mas isso raramente acontece.
  • Mono e diglicéridos são gorduras e não contém glúten.
  • Temperos são sem glúten. Se não houver nenhuma lista de ingredientes no recipiente, ele contém apenas o tempero puro anotado no rótulo.

NÃO

  • Trigo em todas as formas, incluindo a espelta, kamut, triticale (uma combinação de trigo e centeio), durum, einkorn, farina, semolina, farinha de bolo, matzo (ou matzá) e cuscuz. O trigo é encontrado em muitos pães, bolos, cereais, biscoitos, bolachas, massas (inclusive de pizza), mas podem aparecer em outros produtos também. Leia os rótulos para ter certeza.
  • A maioria dos ingredientes com “trigo” no nome, incluindo proteína de trigo hidrolisada e proteína de trigo pré-gelatinizada. Trigo mourisco, que não tem glúten, é uma exceção.
  • Cevada e malte, que normalmente são feitos de cevada, incluindo xarope de malte, extrato de malte, aroma de malte e vinagre de malte.
  • Centeio, que é mais frequentemente encontrado em produtos de panificação. Não é normalmente usado para fazer ingredientes.
  • Carnes vermelhas, de aves, frutos do mar e vegetais empanados, quando feito com trigo. Também carnes, aves e legumes com molhos ou marinados que contêm glúten, tais como soja e teriyaki.
  • Alimentos que são fritos no mesmo óleo de produtos empanados não são considerados seguros na dieta sem glúten.
  • Alcaçuz, que é feito com farinha de trigo, e outros doces que contêm trigo ou cevada.

TALVEZ

  • A cerveja é livre de glúten, quando feita a partir de grãos sem glúten. Cerveja a partir de cevada e processada para remover o glúten não é considerada sem glúten.
  • Dextrina pode ser feita a partir de trigo, que seria anotado no rótulo e não seria sem glúten.
  • Aromatizantes são geralmente sem glúten, mas em casos raros podem conter trigo ou cevada. A cevada é normalmente chamada de malte aromatizante. Em casos muito raros, nem cevada, nem malte são especificados quando usado em um aromatizante.
  • Amido alimentar modificado é livre de glúten, exceto quando o trigo é anotado no rótulo, quer como “amido de trigo modificado”, amido modificado (trigo) ou se a lista de “contém” inclui trigo. O amido de trigo é permitido nos alimentos sem glúten se o amido de trigo for processado para a remoção da proteína do glúten. Além de uma etiqueta livre de glúten, a embalagem de qualquer produto que utilize amido de trigo seguro vai notar que ele foi processado para atender aos padrões sem glúten. Amido de trigo em alimentos que também não tem um rótulo sem glúten não são seguros na dieta livre de glúten.
  • Aveia é considerada segura na dieta livre de glúten se for especialmente tratada para evitar a contaminação cruzada por grãos que contêm glúten. Esta aveia é rotulada como sem glúten. Aveias comuns, incluindo aquelas usados em cereais, não são consideradas seguras, a menos que sejam rotuladas sem glúten.
    A aveia é permitida como um ingrediente em produtos rotulados livre de glúten, desde que o produto final cumpre a norma sem glúten. Isso inclui granola, barras de granola, biscoitos e outros produtos. Produtos que são feitos com aveia, mas não têm um rótulo sem glúten, podem ter glúten.
  • Remédios com ou sem prescrição podem conter glúten, embora a maioria seja sem glúten. Verifique com a empresa farmacêutica, especialmente se você tomar a medicação em uma base contínua.
  • Queijo processado (spray de queijo, por exemplo) pode conter glúten. Queijo real não tem glúten.
  • Temperos e misturas de temperos podem conter glúten. O trigo será anotado no rótulo.
  • Molho de soja é geralmente fermentado a partir de trigo. Apenas o molho de soja feito sem trigo é sem glúten. Procure o molho de soja com uma etiqueta de livre de glúten.

CASOS ESPECIAIS

  • A cor de caramelo é quase sempre feita de milho, e a maioria das empresas na América do Norte usam o milho para um produto melhor. Xarope de malte pode ser usado, mas raramente é, então cor de caramelo é quase garantido como sendo sem glúten.
  • Proteína vegetal hidrolisada é uma frase que, sob regulamentação federal dos EUA, não deve ser utilizada em um rótulo dos alimentos. Processadores de alimentos tem que identificar o “vegetal”. Assim, você pode ler “proteína hidrolisada do trigo”, o que não seria sem glúten, ou “proteína de soja hidrolisada”, que é livre de glúten.

>> VIDEO

Deixe um Comentário