Como Saber se Estou Acima do (PESO)?

Se você está com dificuldades de entrar em sua calça jeans que a pouco tempo cabia em você sem problema, já é um sinal que de você pode estar acima do peso.

Estar acima do peso por um longo período de tempo pode se tornar um assunto sério.  Quando você carrega muita gordura corporal, pode acumular e causar inflamação em toda parte.

Ao longo do tempo, a inflamação interna pode causar um monte de efeitos colaterais graves, incluindo doenças crônicas como diabetes tipo 2, doenças cardíacas e vários tipos de câncer. Perda de peso pode muitas vezes reduzir os sintomas e até mesmo desfazer alguns dos danos.

De qualquer forma todo mundo precisa de alguma gordura corporal (cerca de 25 a 31% de gordura corporal é a média para as mulheres) para proteger seus órgãos e preencher o seu jeans. Mesmo se você tiver um pouco mais ou um pouco menos de gordura corporal, é possível ser clinicamente saudável (isto é, livre de doenças e fatores de risco) em quase qualquer peso.

Embora não haja uma maneira perfeita para avaliar o seu peso sem um médico, você pode calcular o seu índice de massa corporal (IMC) por conta própria para obter uma noção básica de onde você está. (Um IMC normal está entre 18,5 e 24,9.)

Mas atenção: As companhias de seguros criaram esta fórmula para funcionar como uma estimativa simples e acessível de gordura corporal e risco de doença com base na altura e peso. Ela não avalia a sua composição corporal, ou conta histórico familiar, sangue, trabalho e estilo de vida.

Em outras palavras, você pode ter um IMC com excesso de peso e ser saudável, ou um IMC regular e não ser tão saudável. Ainda assim, o IMC é um bom ponto de partida se você quiser avaliar se o seu peso é problemático.

Se o seu IMC já tiver mais de 24,9 e você tiver alguns dos sintomas abaixo, considere conversar com seu médico sobre se a perda de peso pode melhorar seu bem-estar.

1. É desconfortável se exercitar. Goste ou não, a atividade física é uma parte necessária de um estilo de vida saudável. Mas se o seu peso mantém você parado, a perda de peso pode fazer se mexer ser mais divertido, o que acabará por ajudá-lo a alcançar a qualquer objetivo de fitness.

2. Seu ronco é alto e você constantemente acorda grogue. Se você ronca como louco e raramente tem uma boa noite de sono, você pode sofrer de apneia do sono, uma condição em que a respiração irregular interrompe o seu sono. Excesso de peso pode piorar isso: quando seu corpo armazena gordura ao redor do pescoço, ele pode estreitar a via aérea para causar respiração superficial ou pausas na respiração.

3. Você tem pontos sensíveis em todos os lugares. Inflamação pode fazer o tecido adiposo debaixo de sua pele ficar mais macio ao toque, como manchas. Se o seu IMC é especialmente alto, e você sente dor em lugares aleatórios, a perda de peso pode ajudar.

4. Você está sempre cansado. A inflamação interna causada por excesso de gordura pode levar a um estado perpétuo de fadiga, diz Dr. Nwe. Se você tem um IMC elevado e rotinas diárias causam exaustão, seus quilos extras podem ser o culpado.

5. Você está quase sempre com fome – mesmo que você coma muito. Claro, isso pode ser um sinal de que você está comendo os alimentos errados, como doces, que não têm fibra, proteína e gordura saudável para mantê-lo satisfeito. Mas também pode ser um sintoma de resistência à insulina ou diabetes tipo 2 – especialmente se você teve um IMC elevado durante anos, além de visão embaçada, formigamento ou dormência em suas mãos e pés, sede extrema ou paradas frequentes, de acordo com a American Diabetes Association.

Ao longo do tempo, o excesso de peso pode desencadear estas condições, enquanto perda de peso pode revertê-los. (Obviamente, consulte o seu médico para um diagnóstico formal.)

6. Seu médico diz que você tem pressão alta ou colesterol elevado. A perda de peso pode trazer esses números para baixo sem medicação, que é mais seguro, mais barato e mais sustentável do que tomar comprimidos para sempre.

7. Sua circunferência da cintura é maior do que 89 centímetros. A ciência sugere que a gordura da barriga excessiva pode aumentar o risco de doença cardíaca, diabetes tipo 2, colesterol alto e pressão arterial elevada. As pessoas distribuem o peso em diferentes lugares e a circunferência da cintura por si só não é a maneira mais precisa para avaliar a saúde. Mas se o seu IMC é elevado e sua circunferência da cintura ultrapassa 89 centímetros, converse com o seu médico.

8. Você perdeu um parente próximo para o câncer. Excesso de gordura pode produzir excesso de estrogênio, que está ligado ao câncer de mama, e outros tipos de hormônios que podem promover o crescimento tumoral, de acordo com o National Cancer Institute nos EUA.

Uma história familiar de câncer pode aumentar o risco desde o início. Embora não haja muita evidência clínica para provar que a perda de peso pode protegê-lo inteiramente, muitos estudos observacionais ligaram menor ganho de peso durante a idade adulta a um risco de câncer globalmente menor.

9. Seus joelhos, quadris e costas doem. Excesso de peso pode colocar pressão extra sobre as articulações, que desgasta o tecido em torno deles e torna o movimento desconfortável, de acordo com informações dos Institutos Nacionais de Saúde.

10. Você ganhou alguns quilos a cada ano depois de atingir a vida adulta. Quando você está crescendo, é normal ganhar peso ao longo do tempo. Mas se o seu peso continua a subir depois de seu período de crescimento, o seu médico pode recomendar alterações comportamentais para estabilizar a balança e evitar todos os sintomas acima.

E se você acha que precisa perder peso para sua saúde, obtenha uma segunda opinião – seu médico pode ajudá-lo a fazer ajustes realistas para sua dieta e estilo de vida para promover a perda de peso estável e saudável ao longo do tempo e manter os resultados para o bem.

>> VÍDEO

Deixe um Comentário