A Dieta do (TIPO SANGUÍNEO)

A promessa

Seguir uma dieta com base no seu tipo de sangue – O, A, B ou AB – poderia ajudá-lo perder peso e ser mais saudável? Essa é a ideia por trás da Dieta do Tipo Sanguíneo, criada pelo naturopata Peter J. D’Adamo.

D’Adamo alega que os alimentos que você come reagem quimicamente com seu tipo de sangue. Se você seguir uma dieta elaborada para o seu tipo de sangue, seu corpo vai digerir os alimentos de forma mais eficiente. Você vai perder peso, ter mais energia e ajudar a prevenir doenças.

O que você pode comer – Tipo de Sangue

Isso depende do seu tipo sanguíneo. Aqui está o que D’Adamo recomenda para cada tipo:

Tipo sanguíneo O: Uma dieta com alta proteína rica em carnes magras, aves, peixes e legumes, e leve em grãos, feijão e laticínios. D’Adamo recomenda também vários suplementos para ajudar com problemas de intestino e outras questões, segundo ele, que as pessoas com tipo O tendem a ter.

Tipo sanguíneo A: Uma dieta livre de carne com base em frutas e legumes, feijões e grãos integrais – idealmente, orgânicos e frescos, porque D’Adamo diz que as pessoas com sangue tipo A têm um sistema imunológico sensível.

Tipo sanguíneo B: Evite milho, trigo, trigo sarraceno, lentilhas, tomates, amendoim e sementes de gergelim. Frango também é problemático, diz D’Adamo. Ele encoraja a comer vegetais verdes, ovos, certas carnes e laticínios com pouca gordura.

Tipo AB: Focar em tofu, frutos do mar, laticínios e vegetais verdes. Ele diz que as pessoas com sangue do tipo AB tendem a ter pouco ácido no estômago. Evite cafeína, álcool e carnes fumadas ou curadas.

Nível de Esforço: Alto

Se você ainda não sabe seu tipo de sangue, você precisa descobrir isso. Os resultados irão determinar exatamente o que você precisa fazer.

Limitações: Dependendo do seu tipo de sangue, pode ser necessário restringir severamente os alimentos que você come.

Cozinhar e fazer compras: O seu tipo de sangue irá determinar a sua lista de compras e suas escolhas ao comer fora.

Alimentos ou refeições embalados? Não é necessário.

Reuniões? Não.

Exercício: A Dieta do Tipo Sanguíneo recomenda exercícios com base no seu tipo de sangue. Por exemplo, ele sugere yoga ou tai chi para o tipo A, e exercícios aeróbicos vigorosos, como correr ou andar de bicicleta por até uma hora por dia, para o tipo O.

Ela permite restrições dietéticas ou preferências?

Por determinar que você coma tipos muito específicos de alimentos com base no seu tipo de sangue, ela não permite muitos gostos pessoais.

Por exemplo, se você é um grande fã de carne e batatas, você não vai ser muito feliz com o tipo de dieta que é principalmente vegetariana.

Há ainda recomendações sobre os tipos de especiarias e condimentos que você pode usar.

Se você está procurando uma dieta que é livre de glúten, você deve saber que esta dieta não proíbe glúten. Você pode ser capaz de fazer escolhas que são livre de glúten ao ler os rótulos dos alimentos cuidadosamente.

O que mais você deve saber

Custo: D’Adamo recomenda uma série de especialidades e alimentos orgânicos (tais como leite de soja e cookies com gotas de alfarroba), que podem ser caros. Suplementos de Vitaminas e ervas também são parte da dieta.

Apoio: Você faz esta dieta por conta própria.

A Dr. Melinda Ratini diz:

Funciona? Apenas um estudo analisou este tipo de dieta. Ele descobriu que pessoas com certos tipos de sangue tiveram mais benefício para baixar o colesterol ao comer uma dieta de baixa gordura.

Mas ela não provou que a Dieta do Tipo Sanguíneo foi responsável por esse efeito ou que ela funciona para perda de peso.
É provável que você irá perder peso, no entanto, porque a dieta pode ser muito restritiva.

É boa para certas condições?

A Dieta do Tipo Sanguíneo faz recomendações com base unicamente no seu tipo de sangue. Então, se você tem uma condição crônica (por exemplo, diabetes), você pode ser dito para comer alta proteína, enquanto outra pessoa com diabetes pode ter que evitar laticínios ou frango. Isto pode entrar em conflito com o seu tratamento da diabetes.

A Associação Americana de Diabetes recomenda uma abordagem mais prática para a sua alimentação no dia a dia. Ele também adverte contra concentrar-se em alimentos específicos. Na maioria dos casos, não recomenda cortar qualquer um dos principais grupos de alimentos.

A Dieta do Tipo Sanguíneo também não consegue resolver outras condições, como doença cardíaca, pressão arterial elevada ou colesterol. Qualquer perda de peso necessária com certeza terá um impacto positivo sobre essas condições. Mas não importa o seu tipo de sangue, você deve seguir as mesmas diretrizes emitidas pelo

The American Heart Association (AHA) para um baixo teor de gordura e dieta pobre em sal.
Além disso, todos devem realizar para 150 minutos de exercício aeróbico por semana e pelo menos 2 dias de treinamento de força por semana.

A palavra final

Com a Dieta do Tipo Sanguíneo você vai evitar alimentos processados e carboidratos simples. Isso pode ser suficiente para ajudá-lo a perder algum peso, mas qualquer perda de peso com esta dieta não foi associada ao seu tipo de sangue.

Também não há estudos que provam que esta dieta pode ajudar na digestão ou dar-lhe mais energia.
Embora você vá comprar e preparar seus próprios alimentos com este plano, as suas opções são limitadas dependendo do seu tipo de sangue. Então, esteja preparado para gastar algum tempo na cozinha.

A dieta pode rapidamente tornar-se cara, também, uma vez que o autor recomenda que você compre produtos orgânicos, bem como sua própria linha de suplementos.

Se a Dieta do Tipo Sanguíneo intriga você, considere isto: A ciência suporta recomendações tradicionais para uma alimentação saudável para perda de peso, e não restrições com base no tipo de sangue.

>> VIDEO

Deixe um Comentário